quinta-feira, 3 de setembro de 2009

o tempo.

Seu ponteiro vira no mesmo tempo de sempre, aquele tempo de 60 segundos, 60 minutos, e 24 horas, mas algo está diferente, é como se alguém comandasse tudo para que passase mais depressa, e esse alguém poderia ser você! O tempo é curto agora, nada é como antes, minutos são controlados e cobrados quando não se usa. Aquele momento para se arrepender, ou mudar de planos não existe mais, a decisão já foi feita. Os amigos, agora, estavam na frente de uma máquina, teclano compulsivamente, dizendo não ter tempo de se encontrarem mesmo que já estejam conversando por horas e horas ali. Era hora de jantar, e mesa agora está vazia, todos espalhados, sem se encontrar nem para dizer uma palavra, era mais fácil que tudo ali virasse uma feira, onde cada um gritava pelo seu peixe. E os outunos, primaveras, invernos e verões? Nada mais era aproveitado, não se sentiam mais o calor e o frio das estações.. o tempo passava rápido demais e nada podia ser feito, afinal foi uma escolha. As noites lindas onde a lua dava um lindo espetáculo eram substituida logo pela manhã pelo brilho e a alegria do sol, mas a rotina impedia que visse tudo o que era bom, ia lhe cansando aos poucos com uma intensidade maior, logo não tinha forças mais para fazer nada. O tempo passou, passa e passará, e assim como termina a história muitas situações foram perdidas, pois o tempo passa rapido demais, para conseguirmos a segunda chance. Vale fazer o seu tempo, e não deixar escapar nada!

11 comentários:

Anônimo disse...

linndo deu texto meu amor (:
;@@@@
amo vc
;thatinha

Mariana Andrade. disse...

e é estranho como, às vezes, a gente fica em dúvida se devemos correr junto com o tempo ou contra ele. é melhor deixar-nos levar ou resistir um pouco?
ótimo texto.
bjos ;*

Natália Janine Carneiro disse...

Eu tava pensando sobre o tempo hoje. Você até me inspirou :)
Muito bom o texto!
Beijos

Bárbara disse...

O tempo sempre passa rápido demais quando algo é bom e muuuito devagar quando é algo ruin.
Por isso que quando estou no seu blog o tempo voa!
Abraços =)

Thaís A. disse...

Não deixe escapar nada! Falou tudo.
Temos que aproveitar o máximo, se não tudo acaba.. Adorei o post!

Eiei, posso te linkar?

Márcia Amaral disse...

eu sou do tipo de pessoa que não acompanha o tempo, deve ser por isso que sou tão desastrada e faço coisas por impulso, mas a verdade é que o nosso tempo é sagrado, como dizem por ai, tempo é dinheiro . as vezes. estamos tão preucupados em chegar logo, em ir mais rapido, estamos tão atrasados, que o tempo passa rapido até demais, somos nós mesmo que fazesmos o tempo. to seguindo aqui :*

Vanessa. disse...

O tempo voa, moça.
E como.



Beijo
:*

g.a.c.s:. disse...

A vida é assim, corre, percorre, segue sempre em frente, o tempo é sem duvida o mais belos dos Deuses, em palavras de Renato Russo, ele nos faz crescer, viver...

Como sempre, textos inspiradores...


ps. meu blog está atualizado!

Tatá disse...

meu tempo, sempre tão pouco e mal-dividido.
Tava pensando sobre isso, hoje.

Enfim, gostei. :)

Gabriela Castro disse...

O tempo passa, e nós temos que passar por ele.
beijos

Jéh disse...

O tempo não parece ser constante né? Depende muito do que acontece a nossa volta, ele é relativo. Adorei o texto e a musiquinha de fundo :D